Formado em fevereiro de 2014, o grupo Mobbers começou por se chamar MOB e foi inicialmente criado pelos membros Xuxu Bower, LipeSky e Deksz James. A partir de uma conversa decidiram adicionar outros elementos ao grupo e logo a seguir lançaram os seus primeiros temas. “Só Deus”, “Falas Baixo”, “Ando Com 30”, “Para os Teus Niggas” ou “Aquele Puto” mostraram que valeria a pena seguir o trabalho destes rapazes. Em 2015 voltaram a aumentar a equipa com a entrada de CaliJohn, Pedro Priceless, Edy J, Fredh Perry, Eric Rodrigues e Aldo F. Em julho do ano de 2016 lançaram o primeiro projeto mais a sério. “Money Over Bitches’” contém hits como “Blocka”, “Culpado”, “Parvos” e “Bunda no Alto”. O projeto foi muito bem recebido e isso permitiu uma série de atuações ao vivo nas escolas de Luanda, e algumas atuações em Lisboa – e a agenda do grupo nunca mais deixou de estar preenchida. Em novembro desse ano surgiu a oportunidade de trabalharem com Preto Show e o resultado foi a música “Baixa Mais Um Pouco”. Em 2017, o grupo lançou hits como “Uh La La La”, “Vou Levar”, “Não Brinca Só”, entre outros sucessos que consolidaram a popularidade do grupo. Em 2018 saiu mais um disco e mais uma série de sucessos para guardar no coração. “Sob Pressão” inclui temas como “Ké Balar Né” e “Deixar Cair Geral”. Desde aí, os Mobbers correram Angola de lés a lés e não param de surpreender os fãs com o seu talento, graças a maravilhas como “Palpitar”. E isso vai voltar a acontecer no concerto marcado para 2 de julho no Sumol Summer Fest .