Para Post Malone antes da música, veio o basquetebol. Uma paixão que ainda hoje traz consigo, a começar pelo nome: Austin Richard Post escolheu ser Post Malone em homenagem a Karl Malone, jogador de basquetebol. Na sua música não faltam referências ao desposto, contudo, na vida de Post Malone, os pontos não vêm com cestos, mas com os melhores beats e rimas…

O rapper norte-americano diz que o seu interesse pela música nasceu com o jogo Guitar Hero, mas só mais tarde, quando o pai lhe ofereceu o single “Terror Squad” de Lean Back, é que decidiu que queria ser um MC. Aos 16 anos começou a trabalhar na primeira mixtape e um pouco mais tarde presenteia-nos com o irresistível “White Version”, um autêntico viral, que já conta com mais de 200 milhões de visualizações no Youtube.

Em 2016 edita o primeiro disco, “Stoney”, onde estão incluídas músicas como “Go Flex” ou “Too Young”, dois dos maiores sucessos deste rapper. O disco conta com as participações de grandes nomes como Justin Bieber, Quavo ou Kehlani.